Rio Claro - SP

Rua Nove, 1423, Santa Cruz
(19) 99452-8272    (19) 3532-4381

Horário de Atendimento

Segunda a Sexta-Feira:
08h às 19h00

Peso e fertilidade feminina: qual a relação?

São muitos os preparativos para as mulheres que desejam ser mães. Dentre os vários cuidados, um dos mais importantes é estar com a saúde em dia, para que não haja dificuldades no processo de engravidar. Mas há um ponto que exige muita atenção em relação à fertilidade feminina: o peso.⠀

O nosso peso influencia vários processos fisiológicos do organismo, mas ele tem um impacto significativo na fertilidade que exige cuidado. O estrogênio é produzido pelo ovário, mas não só por ele: o tecido adiposo, que é a gordura armazenada em nosso corpo, também o produz. Ter excesso desse tipo de tecido contribui para um desequilíbrio hormonal, afetando a menstruação e o período fértil feminino.⠀

Além da produção abundante de estrogênio, estar acima do peso adequado facilita a resistência à insulina, podendo causar problemas de saúde (como diabetes) e afetar a ovulação ou a própria gravidez. E não é só o sobrepeso que exige atenção: mulheres muito magras, com o IMC muito abaixo do ideal, podem ter desregulação hormonal devido aos baixos índices de gordura e taxas de colesterol, responsáveis pela produção dos hormônios sexuais.⠀

A chave para o equilíbrio é o planejamento. O acompanhamento especializado e orientação médica, além de bons hábitos alimentares e prática de atividades físicas, são fundamentais para ajustar fatores que afetam nosso organismo, como o peso, possibilitando não só a regulação do período fértil, mas melhorando consideravelmente sua qualidade de vida!⠀

Compartilhar
×